Comemoração do Dia da Pátria Eslovena – 2013 PDF Imprimir E-mail

UNIÃO DOS ESLOVENOS DO BRASIL

ZVEZA SLOVENCEV BRAZILIJE

CONVITE

A UNIÃO DOS ESLOVENOS DO BRASIL tem a satisfação de convidá-los para o

Encontro de Comemoração do Dia Nacional da Pátria Eslovena.

DATA: 15 de Junho de 2013

HORÁRIO: 12:00 hs

LOCAL: Clube Kolping

ENDEREÇO: Rua Barão do Triunfo 1213, Campo Belo

R$60,00 (bebida inclusa)

Menores de 15 anos não pagam

Por favor, confirme sua presença pelo e-mail Este endereço de e-mail está protegido contra SpamBots. Você precisa ter o JavaScript habilitado para vê-lo.

 

 
Dia Consular em São Paulo - Julho de 2013 PDF Imprimir E-mail

Informamos que a diplomata da Embaixada, Andreja Šimenc, realizará dia consular em São Paulo em 5 de julho de 2013 (começando as 9:00 horas) no prédio do Escritório Comercial da Embaixada em São Paulo, no seguinte endereço:

Embaixada da República da Eslovênia
Escritório Comercial em São Paulo
Av. Paulista,1079
8°Andar
01311-200 São Paulo

Para marcar um horário, por favor, envie um email para Este endereço de e-mail está protegido contra SpamBots. Você precisa ter o JavaScript habilitado para vê-lo. com a pergunta desejada e também com o horário que seria o melhor para você na consulta. É necessário o envio destas informações para fazer o agendamento.

Para maiores informações, envie um email para Este endereço de e-mail está protegido contra SpamBots. Você precisa ter o JavaScript habilitado para vê-lo. .

Embaixada da Eslovênia em Brasília
T: +55 61 3365 1445
Email: Este endereço de e-mail está protegido contra SpamBots. Você precisa ter o JavaScript habilitado para vê-lo.

 
Assembléia Geral Ordinária 2013 PDF Imprimir E-mail

CONVOCAÇÃO DA ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA DA UNIÃO DOS ESLOVENOS DO BRASIL

Ficam convocados os associados da União dos Eslovenos do Brasil a se reunirem em Assembléia Geral Ordinária, a ser realizada no dia 21 de abril de 2013, em primeira convocação às 17:30 e em segunda convocação às 18:00 horas, na rua Tutoia n° 1125, bairro Paraíso , no salão de festas, para deliberarem sobre os seguintes assuntos :

a)informações do Presidente sobre a UEB;
b)aprovação de contas do exercício de 2012;
c)eleições do quadro diretivo;
d)formação de equipes para promover atividades sociais;
e)informações sobre processo de obtenção da cidadania eslovena
f)confraternização de fim de ano;
g)assuntos de interesse geral.

Convidamos também a todos para assistirem a santa missa às 17 h no mesmo endereço. Haverá cantos pelo Coral.

São convidados e bem-vindos também todos que desejarem colaborar com a União dos Eslovenos do Brasil, mesmo sem serem seus associados.
O comparecimento de todos é importante para que possamos consolidar o impulso reformador com a  ampliação e renovação dos quadros da nossa associação. O momento para tanto é oportuno e mesmo necessário para também correspondermos ao apoio recebido do Governo Esloveno e garantirmos a continuidade do mesmo para a conservação das manifestações culturais eslovenas no Brasil e propiciarmos à nossa juventude o aproveitamento das muitas oportunidades de intercâmbio com a Eslovenia.

Cordialmente,

Martin ?rnugelj
Presidente da União dos Eslovenos do Brasil

 
Mudança nas regras para obtenção da cidadania eslovena PDF Imprimir E-mail

 

Decreto 872, que altera o Decreto sobre os critérios para estabelecer o interesse nacional na recepção de cidadania da República da Eslovênia, no 13º artigo da Lei de Cidadania da República da Eslovênia

Baseado em 28º artigo da Lei de Cidadania da República da Eslovênia (Diário Oficial do RS, nº 24/07 -. Texto oficial consolidado), o Governo da República da Eslovênia

REGULAMENTO
Que altera o Regulamento relativo aos critérios para estabelecer o interesse nacional na recepção de cidadania da República da Eslovênia, no 13º artigo da Lei de Cidadania da República da Eslovênia

1º Artigo
O regulamento sobre os critérios para estabelecer o interesse nacional na recepção de cidadania da República da Eslovênia, no 13º artigo da Lei de Cidadania da República da Eslovênia (Diário Oficial do RS. º. 41/07 e 45/10) no 3º artigo alterado com a seguinte redação:

3º Artigo
(1) Para a naturalização excepcional de considerações nacionais podem aplicar o emigrante esloveno ou seus descendentes de 2ª geração, por descendência direta. Esta naturalização também pode vir da minoria eslovena autóctone em países vizinhos.

(2) A naturalização excepcional por razões nacionais, está disponível se o requerente do parágrafo anterior demonstra laços multi ativos pessoalmente com a República da Eslovênia nos últimos cinco anos em associações de eslovenos no exterior ou outros eslovenos expatriados, organizações de migrantes ou minorias. Naturalização excepcional de afinidade nacional também é possível, se o requerente tiver sido no parágrafo anterior a partir da cidadania eslovena perdoada por motivos justificáveis e pediu novamente por ele.

(3) a naturalização excepcional é também possível, no caso dos descendentes de eslovenos emigrantes que não preencham a condição de laços familiares no primeiro parágrafo e os requisitos do parágrafo segundo deste artigo, se houver razões excepcionais para sua cidadania nacional da República da Eslovênia.

(4) Destaque nacional especificado no parágrafo anterior deve ser feita se as operações do requerente contribuíram imensamente para o desenvolvimento social, econômico, científico, cultural ou outro da República da Eslovênia e tenha contribuído para aumentar a reputação internacional da República da Eslovênia.

(5) O pedido do requerente deve ser acompanhado de provas documentais para apoiar a sua ligação ativa ao segundo parágrafo deste artigo e provas. As organizações apropriadas devem atestar a sua atuação ativa por pelo menos cinco anos no segundo parágrafo do presente artigo. Se possível, a requerente deverá apresentar também os documentos oficiais emitidos no exterior, o que indica a sua definição de nacionalidade eslovena.

(6) Parecer sobre os critérios estabelecidos nos parágrafos segundo e quarto do presente artigo e elegibilidade para a cidadania da República da Eslovênia formada pelo órgão do governo responsável para a cooperação com os eslovenos no Exterior. Se essa autoridade na formulação de seu parecer, determina que requer informações adicionais sobre o candidato, através de serviços internos consulares do ministério para assuntos estrangeiros competente, o pedido da sua missão diplomática ou consular da República da Eslovênia".

DISPOSIÇÕES FINAIS E TRANSITÓRIAS

2º Artigo
Os pedidos de cidadania da República da Eslovênia, no dia 13 da Lei de Cidadania da República da Eslovênia, que a aplicar as disposições do presente regulamento, devem ser resolvidas no âmbito das disposições do Regulamento relativo aos critérios para estabelecer o interesse nacional na recepção da cidadania da República da Eslovênia, no 13º artigo da Lei de Cidadania da República da Eslovênia (Diário Oficial do RS., n º 41/07 e 45/1 O).

3º Artigo
Este regulamento entra em vigor no décimo quinto dia seguinte ao da sua publicação no Diário Oficial da República da Eslovênia.

São 0.071 7-4/201 3

Ljubljana. de 13 mar 2013

EVA 201 3-1711-0011

O Governo da República da Eslovênia
Janez Janša
Presidente
-------------------------------------------------------

872. Uredba o spremembi Uredbe o merilih za ugotavljanje nacionalnega interesa pri sprejemu v državljanstvo Republike Slovenije na podlagi 13. ?lena Zakona o državljanstvu Republike Slovenije

Na podlagi 28. ?lena Zakona o drzavljanstvu Republike Slovenije (Uradni list RS, št. 24/07 - uradno pre?iš?eno besedilo) izdaja Vlada Republike Slovenije

UREDBO
o spremembi Uredbe o merilih za ugotavljanje nacionalnega interesa pri sprejemu v državljanstvo Republike Slovenije na podlagi 13. ?lena Zakona o državljanstvu Republike Slovenije

1- ?len
V Uredbi o merilih za ugotavljanje nacionalnega interesa pri sprejemu v državljanstvo Republike Slovenije na podlagi 13. ?lena Zakona o državljanstvu Republike Slovenije (Uradni list RS. št. 41/07 in 45/10) se 3. ?len spremeni tako, da se glasi:

3- ?len
(1) Za izredno naturalizacijo iz nacionalnih razlogov lahko zaprosi slovenski izseljenec ali njegov potomec do drugega kolena v ravni vrsti. Za to naturalizacijo lahko zaprosi tudi pripadnik avtohtone slovenske narodne skupnosti v zamejstvu.

(2) Izredna naturalizacija iz nacionalnih razlogov je mogo?a, ?e prosilec iz prejšnjega odstavka izkazuje ve?letno osebno aktivno vez z Republiko Slovenijo in vsaj petletno aktivno delovanje v slovenskih društvih v tujini ali drugih slovenskih izseljenskih, zdomskih ali manjšinskih organizacijah. Izredna naturalizacija iz nacionalnih razlogov je tudi mogo?a, ?e je bil prosilec iz prejšnjega odstavka iz slovenskega državljanstva odpuš?en zaradi opravi?ljivih razlogov in ponovno prosi za sprejem vanj.

(3) Izredna naturalizacija je mogo?a tudi v primeru potomca slovenskega izseljenca, ki ne izpolnjuje pogoja sorodstvene vezi iz prvega odstavka in pogojev iz drugega odstavka tega ?lena, ?e so podani izjemni nacionalni razlogi za njegov sprejem v državljanstvo Republike Slovenije.

(4) Izjemni nacionalni razlogi iz prejšnjega odstavka so podani, ?e je prosilec s svojim delovanjem izjemno prispeval k družbenemu, gospodarskemu, znanstvenemu, kulturnemu ali druga?nemu razvoju Republike Slovenije in k pove?anju mednarodnega ugleda Republike Slovenije.

(5) Prosilec prošnji priloži dokazila, ki potrjujejo njegovo aktivno vez iz drugega odstavka tega ?lena in dokazila. S katerimi ustrezne organizacije potrjujejo njegovo vsaj petletno aktivno delovanje iz drugega odstavka tega ?lena. ?e je to mogo?e, prosilec predloži tudi v tujini izdane uradne listine, iz katerih je razvidna njegova opredelitev za slovensko narodnost.

(6) Mnenje o izpolnjevanju meril iz drugega in ?etrtega odstavka tega ?lena ter o upravi?enosti za sprejem v državljanstvo Republike Slovenije oblikuje državni organ. pristojen za sodelovanje s Slovenci v zamejstvu in po svetu. ?e ta organ pri oblikovanju svojega mnenja ugotovi, da potrebuje še dodatne informacije o prosilcu, zanje preko notranje konzularne službe ministrstva, pristojnega za zunanje zadeve, zaprosi pristojno diplomatsko-konzularno predstavništvo Republike Slovenije«.

PREHODNA IN KON?NA DOLO?BA

2- ?len
Vloge za sprejem v državljanstvo Republike Slovenije na podlagi 13. ?lena Zakona o državljanstvu Republike Slovenije, ki so vložene do za?etka uveljavitve dolo?b te uredbe, se rešujejo po dolo?bah Uredbe o merilih za ugotavljanje nacionalnega interesa pri sprejemu v državljanstvo Republike Slovenije na podlagi 13. ?lena Zakona o državljanstvu Republike Slovenije (Uradni list RS. št- 41/07 in 45/1 O).

3- ?len
Ta uredba za?ne veljati petnajsti dan po objavi v Uradnem listu Republike Slovenije.

St. 0071 7-4/201 3

Ljubljana. dne 13. marca 2013

EVA 201 3-1711-0011

Vlada Republike Slovenije
Janez Janša I.r-
Predsednik

-------------------------------------------------------

(quem puder contribuir para melhorar a tradução, escreva-nos)

 
Tina Maze - A maior campeã eslovena de todos os tempos PDF Imprimir E-mail

A esquiadora Tina Maze terminou a última Copa do Mundo de Esqui Alpino no primeiro lugar geral com uma pontuação total de 2.414 pontos. Os pontos obtidos pela Tina são um recorde na competição, o que faz dela a maior campeã do campeonato até os dias de hoje.

Foto: Marco Trovati

A Copa do Mundo de Esqui Alpino é uma competição muito tradicional que envolve a disputa de 4 categorias:

•    Downhill - Prova de descida livre e de percurso mais longo e na qual se atingem as velocidades mais elevadas.
•    Slalom - A descida na qual os esquiadores têm de passar através de uma série de pórticos, dispostos num traçado que comporta curvas e arcos estreitos.
•    Giant Slalom - A descida na qual os esquiadores têm de passar através de uma série de pórticos, dispostos num traçado que comporta curvas e arcos mais espaçados que no Slalom.
•    Super G - Prova de velocidade na qual os esquiadores têm de passar através de uma série de pórticos, dispostos num traçado que comporta curvas e arcos mais espaçados que no Giant Slalom.

E também algumas competições com as categorias tradicionais:

•    Parallel - Prova curta de Slalom em que dois competidores competem um contra o outro em pistas paralelas.
•    Combined - Prova que consiste na combinação de uma corrida de Downhill e duas de Slalom.

Tina subiu ao pódio 24 vezes em 35 provas, mais um recorde do campeonato. Destes 24 pódios, 11 foram primeiros lugares.

Acompanhe a trajetória de Tina nesta temporada:

Posição

Evento

Local

Data

1

Giant Slalom

Lenzerheide

17/03/2013

3

Slalom

Lenzerheide

16/03/2013

1

Slalom

Ofterschwang

10/03/2013

2

Giant Slalom

Ofterschwang

09/03/2013

4

Super G

Garmisch

03/03/2013

1

Downhill

Garmisch

02/03/2013

2

Super G

Garmisch

01/03/2013

1

Combined

Meribel

24/02/2013

4

Downhill

Meribel

23/02/2013

5

Parallel

Moscow

29/01/2013

1

Slalom

Maribor

27/01/2013

2

Giant Slalom

Maribor

26/01/2013

3

Super G

Cortina

20/01/2013

2

Downhill

Cortina

19/01/2013

5

Slalom

Flachau

15/01/2013

1

Super G

Sankt Anton

13/01/2013

4

Downhill

Sankt Anton

12/01/2013

-

Slalom

Zagreb

04/01/2013

2

Parallel

Muenchen

01/01/2013

3

Slalom

Semmering

29/12/2012

2

Giant Slalom

Semmering

28/12/2012

3

Slalom

Aare

20/12/2012

3

Giant Slalom

Aare

19/12/2012

1

Giant Slalom

Courchevel

16/12/2012

12

Downhill

Val d'Isere

14/12/2012

1

Giant Slalom

St. Moritz

09/12/2012

2

Super G

St. Moritz

08/12/2012

1

Combined

St. Moritz

07/12/2012

4

Super G

Lake Louise

02/12/2012

10

Downhill

Lake Louise

01/12/2012

20

Downhill

Lake Louise

30/11/2012

3

Slalom

Aspen

25/11/2012

1

Giant Slalom

Aspen

24/11/2012

4

Slalom

Levi

10/11/2012

1

Giant Slalom

Soelden

26/10/2012

 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 Próximo > Fim >>

Página 4 de 8